terça-feira, 25 de novembro de 2014

Cada um só ve o que quer ...

É tudo uma questão de ponto de vista. E como os nossos olhos são diferentes!
O degote do vestido. Foi tudo o que vi. Parei nos detalhes do recorte, desejei e parti para imaginar. O meu seria lilás. Ando numa paixão por lilás que não se explica ...
Foi só quando a Mais-Má comentou sobre o colar que eu voltei à essa Terra. Abstrai o degote e não entendi mais nada! A moça tem um colar de bolas de ping-pong, está sem os braços, tem um dobra estranhíssima no tecido  na região da axila e a legenda fala em vestido azul Tiffany! Azul? Tem certeza? Tenho que voltar para a pré-escola e aprender os nomes das cores ou estou cega?

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Quem nunca ...

XD HAHAHA
http://www.pinterest.com/pin/520095456941542708/

Eu não! Posso sair bem estranha em fotos, mas não publico (se tenho essa opção).
A Mais-Má rolava de rir. Eu não achei tanta graça. Para ser sincera, não achei engraçado. É estranho, só. Até porque, eu não consigo ver o tal ninho de vespas que apavorou a criatura. (Será aquela coisinha mínima mais clara? Se for, que fiasco por nada!)
A Mais-Má também viu muita semelhança entre essa moça e a Mais-Tonta.
A Mais-Má precisa marcar revisão no oftalmologista!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Pura poesia!




My secret little dreams,
Dance my life away
The wings I never had,
My soul of glass
Beyond my dreams
All good things are wild and free





Não, não surtei e comecei a produzir poesia duvidosa. Nunca tive paciência para poesia. O caso é que tenho frequentado muito o Tumblr nesses dias e o povinho que publica ali é bem inspirado!
Não, não  são só esses, é claro! A minha lista é centenas, mas os mones mais poéticos são esses...

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Só eu penso besteiras?

Fall Lantern Centerpiece -- a quick and easy way to add fall to the center of your table of any room in your home.
A humanidade é inocente e pura e eu tenho algum problema sério?
Ou que tem pobrtema é a tia Angie que quer por isso no centro da mesa?
Foi a semana passada que me deixou assim, meio transtornada e fora da realidade?
Só eu vejo mais do que de alças?

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Sendo gentil no final do dia


http://my-soul-of-glass.tumblr.com/

E assim encerramos. A chuva lavou as ruas e caminhos. Não há mais poeira. Só barro!
Agora seria a hora da boa gargalhada. Achando que tudo melhora depois da chuva, que boba!
A vida segue, com seus altos e baixos, faça chuva ou faça sol.
Não, não argumentei. Resolvi ser generosa e gentil. Deixei a criatura se iludir que a chuva renova, lava almas e culpas, sem transportar sujeiras...

Eu e o Gato de botas! ou De botas, eu e o gato!


http://pretty-originals-diaries.tumblr.com/
Não estou só com a felicidade de chapinhar na água do estacionamento sem molhar os pés.
Admiro a ousadia, mesmo que o Gato seja reconhecidamente gay (Ou, como dizem as más línguas, tricha) sair de casa em botas alaranjadas é para causar!
As minhas? Pretinhas básicas, só não passam por botas de trabalho porque são bem ustas e têm um belo fecho vermelho!
(É não posso me enfiar numa poça com mais de um palmo de profundidade! Mas para circular por aí dá bem!)


Ao tempo que passa...


http://live-free-travel.tumblr.com/post/16107399264
Meu muito obrigada! Meu profundo agradecimento por tudo o que tive e tenho.
Agradeço a quem?  Á vida.
Esse quase derramamento de lágrimas, por quê?
Simples: achei dentro de um livro uma foto da minha pequena no primeiro ano de ballet.
Transbordei de gratidão pela minha vida.

É hoje !

Está chovendo, chovendo mesmo!
E eu vim de botas!
Olha eu!

http://kylycreationscreativejewelry.tumblr.com/post/29135090016/untitled-by-gadgetgirl-on-flickr

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Acabou! Acabou!

A minha paciência? Quase. Nessa semana a minha pobre paciência foi testada - de todos os modo possíveis. Resistiu, mas não sem sequelas...
Se não fosse tudo junto, ao mesmo tempo todas as demandas despencando e precisando de solução...
Ai! Sou louca! É insanidade, eu sei, mas me dá algum conforto fantasiar. Se eu tivesse algum tempinho sobrando, tinha matado alguém (Com direito a uma boa ocultação de cadáver, porque eu não quero ir para a cadeia!)
I just don't have time for the nervous breakdown that I deserve!
http://www.pinterest.com/pin/230879918366915665/